Publicado por: marcospauloteixeira | Dezembro 13, 2008

Por que as pessoas íam atrás de Jesus mesmo com o Seu discurso obscuro?

Ao analisar as opções de Jesus, pode-se concluir claramente que Ele não estava atrás de quantidade. Tanto é que de sua boca saía mais condições de vida do que promessas. Jesus ao chamar os doze discípulos, não profere nenhuma palavra de vantagem ou de lucro, apenas diz vem e segue-me. O mais impressionante disso tudo é quando Jesus diz: “…se alguém me quer seguir, renuncie-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me” (Mc 8,34). Isso quer dizer de um modo radical que as pessoas ao seguir Jesus não terão seus problemas resolvidos de imediato ou que a partir daquele momento terão seus bens multiplicados, como muitos pregam. Ao contrário desse pensamento, Jesus diz traga os seus problemas = cruz e me siga, traga as suas dores, as suas desilusões, os seus sofrimentos e que comigo (Jesus) saberá enfrentar tudo isso de uma maneira nova.

Jesus também sofreu e passou necessidades na sua vida junto à Maria e José. Tudo isso nos ensina que o passar por problemas faz parte da nossa vida, pois até Jesus passou. Se Jesus resolvesse todos os nossos problemas num simples “passe de mágica” nós não aprenderíamos a viver e a enfrentar esse mundo cruel como autênticos cristãos.

Ao ligar a televisão, logo nos deparamos com pessoas fazendo essas insinuações: “Se você está sofrendo” ou “se você tem dívidas e problemas” vem para cá ou para acolá e tudo será resolvido.

Será que Jesus quer atrair as pessoas pelo o que Ele pode fazer ou pelo que Ele é? Não seria mais lógico e verdadeiro ter um discurso assim: “Se você está cheio de problemas, deixe Jesus te acompanhar nessa luta e te ensinar a vencer os desafios dessa vida” ?

Não é raro encontrar no evangelho Jesus fugindo das multidões. Isso porque as pessoas estavam procurando os milagres e benefícios que poderiam receber de Jesus e não o próprio Jesus. Por isso ele sempre ía para a outra margem do rio para que o povo entendesse que mais do que simplesmente fazer milagres, ele queria ser amigo das pessoas. Assim ele se referia aos apóstolos: “já não vos chamo de servos, mas amigos”.

Essa amizade de Jesus é uma amizade diferente, é uma amizade sincera e leal. Vejamos um exemplo.
Quando Jesus foi chamado para a casa de Lázaro, ao chegar encontrou Lázaro morto, mas antes de ressucitá-lo Jesus age como um amigo e chora a morte do amigo Lázaro mesmo sabendo que tinha o poder de ressucitá-lo. Quem de nós choraria num velório de um grande amigo sabendo que poderíamos trazê-lo novamente a vida? Pois é, Jesus fez isso. Ele chorou, ou seja, Ele tomou as nossas dores.

Um outro exemplo interessante é quando Jesus, seguido por uma multidão, fala sobre as bem-aventuranças. “Vendo aquelas multidões, Jesus subiu à montanha. Sentou-se e seus discípulos aproximaram-se dele. Então abriu a boca e lhes ensinava…” (Mt 5,1) O curioso aqui está no fato de que Jesus sentou. Ora, imaginemos as milhares de pessoas que estavam querendo ouvir Jesus. Fisicamente a última coisa que Jesus poderia ter feito era ter sentado. Quando nós sentamos pra conversar com alguém quer dizer sinal de intimidade. Jesus sentou e falou, e mesmo sentado todos ouviram e ficaram saciados com a palavra dEle. Com certeza não era a voz de Jesus que era muito alta, nem muito menos Ele teria usado um microfone. As pessoas o ouviam porque Ele falava aos corações.
Como dizia Santo Agostinho:”Deus está mais perto de mim do que eu mesmo”. Isso quer dizer que o relacionamento que Jesus tem com cada um é um relacionamento pessoal e único.

Ao responder a pergunta “Por que as pessoas íam atrás de Jesus mesmo com o Seu discurso obscuro?” , digo que as pessoas se encantavam com uma amizade nunca experimentada antes. Essas pessoas que encontraram Jesus dessa maneira, sabe que Ele está conosco no dia-a-dia, mesmo tendo muitos problemas.

Autor: Marcos Paulo (julho de 2008)


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: