Publicado por: marcospauloteixeira | Julho 26, 2009

A Devoção de Martinho Lutero a Maria

A Devoção de Martinho Lutero a Maria

luteroApesar do atual preconceito protestante no que diz respeito aos tradicionais artigos de fé católicos, como a Comunhão dos Santos, confissão auricular, Purgatório, Papado, sacerdócio, matrimônio sacramental etc, pode surpreender a muitos descobrir que Martinho Lutero era um profundo conservador em algumas de suas posições doutrinais, como na regeneração batismal, na eucaristia e, particularmente, em relação à Bem-Aventurada Virgem Maria.

Lutero era completamente devotado a Nossa Senhora, e crente em todas as doutrinas tradicionais marianas. É certo que esta constatação não é muito freqüente nas biografias protestantes sobre o reformador, contudo, é um fato irrefutavelmente verdadeiro. Parece ser uma tendência natural que os discípulos atuais do Protestantismo procurem se projetar no perfil do fundador do movimento que seguem. Saber que o Luteranismo de hoje não tem uma Mariologia muito consistente, leva-nos a supor que também Lutero tivesse – ele mesmo – opiniões similares com relação a este ponto.

Todavia, nós veremos, por meio de fontes escritas pelo próprio Lutero, que os fatos históricos são bem diferentes. Para tal, nós consideraremos citações do ex-monge nos vários aspectos da doutrina Mariana.

Lutero (bem como os principais reformadores, por exemplo, Calvino, Zwingli, Cranmer) aceitava a opinião de que Jesus não possuía nenhum irmão de sangue, crendo também na doutrina tradicional da Perpétua Virgindade de Maria, e reconhecendo seu status como Teotokos (Mãe de Deus):

“Cristo era o único filho de Maria. Das entranhas de Maria, nenhuma criança além dEle. Os ‘irmãos’ significam realmente ‘primos’ aqui: a Sagrada Escritura e os judeus sempre chamaram os primos de ‘irmãos’.” (Martinho Lutero, Sermões sobre João 1-4, 1534-39)

“Cristo, nosso Salvador, foi o fruto real e natural do ventre virginal de Maria. Isto se deu sem a cooperação de um homem, permanecendo virgem depois do parto.” (Martinho Lutero, idem.)

“Deus diz: ‘o filho de Maria é meu Filho somente.’ Desta forma, Maria é a Mãe de Deus.” (Martinho Lutero, Ibidem)

“Deus não recebeu sua divindade de Maria; todavia, não segue que seja conseqüentemente errado afirmar que Deus foi carregado por Maria, que Deus é filho de Maria, e que Maria é a Mãe de Deus. Ela é a Mãe verdadeira de Deus, a portadora de Deus. Maria amamentou o próprio Deus; ele foi embalado para dormir por ela, foi alimentado por ela, etc. Para o Deus e para o Homem, uma só pessoa, um só filho, um só Jesus, e não dois Cristos. Assim como o seu filho não são dois filhos… Mesmo que tenha duas naturezas.” (Martinho Lutero, “Nos Conselhos e na Igreja”, em 1539)

Provavelmente, a opinião mariana mais antagonista de Lutero, seja a aceitação da Imaculada Conceição de Maria que, na época, ainda não era artigo de fé, que só aconteceu em 1854 na Igreja Católica. A respeito deste fato há um questionamento: sobre os aspectos técnicos das teorias medievais sobre a concepção e sobre a alma teriam se alterado mais tarde em Lutero? Para alguns teólogos eminentes do Luteranismo, como Arthur Carl Piepkorn (1907-1973) do Seminário Concórdia em São Luis, nos Estados Unidos, mantêm a aceitação da doutrina:

“É uma opinião doce e piedosa que a infusão da alma de Maria ocorreu sem o pecado original; de modo que, ao infundir a sua alma imune ao pecado original, foi adornada com presentes de Deus, recebendo uma alma pura, infusa por Deus; assim, desde o primeiro momento em que começou a viver ela esteve livre de todo o pecado.” (Sermão: “No dia da concepção da Mãe de Deus,” Dezembro [?] 1527, de Hartmann Grisar, S.J. Luther, da tradução da versão do alemão para o inglês por E.M. Lamond, editado por Luiggi Coppadelta, Londres: Kegan Paul, trincheira, Trubner, primeira edição, 1915, Vol. IV [ de 6 ], p. 238; revisado por Werke alemão, Erlangen, 1826-1868, editado por J.G. Plochmann e J.A. Irmischer, editado por L. Enders, Francoforte, 1862 ff., 67 volumes; citação 15 2 , p. 58)

“É cheia de graça, proclamada para ser inteiramente sem pecado, algo tremendamente grande. Para que fosse cheia pela graça de Deus com tudo de bom e para fazê-la vitoriosa sobre o diabo.” (Martinho Lutero, Livro Pessoal de Oração, 1522)

Uma das referências mais antigas à Imaculada Conceição aparecem no seu Sermão de Casa no Natal (1533) e em De Encontro ao Papado de Roma (1545). Lutero não acreditava que esta doutrina deveria ser imposta a todos os crentes, por achar que a Bíblia não ensina explicita e formalmente sobre o assunto. Isso se justifica pela sua teoria da “Sola Scriptura”. Mas, ele mesmo acreditava na Assunção corpórea de Maria ao céu – crença que nunca renegou, embora criticasse excessos na celebração desta festa. No seu sermão em 15 de agosto de 1522, quando pregava pela última vez na festa da Assunção, afirmou:

“Não se pode haver nenhuma dúvida que a Virgem Maria está no céu. Como isso aconteceu, nós não sabemos. E já que o Espírito Santo não nos revelou nada sobre isso, não podemos fazer disso um artigo de fé. É suficiente sabermos que ela vive em Cristo.”

 Lutero era favorável à pratica devocional da veneração a Maria e expressou isso em inúmeras ocasiões com veemência:

“A veneração de Maria está inscrita no mais profundo do coração humano.” (Martinho Lutero, Sermão em 1º de setembro de 1522.)

“Maria é a mulher mais elevada e a pedra preciosa mais nobre no Cristianismo depois de Cristo… Ela é a nobreza, a sabedoria e a santidade personificadas. Nós não poderemos jamais honrá-la o bastante. Contudo, a honra e os louvores devem ser dados de tal forma que não ferem a Cristo nem às Escrituras.”   (Martinho Lutero, Sermão na Festa da Visitação em 1537.)

“Nenhuma mulher é como tu! És mais que Eva ou Sara, sobretudo, pela nobreza, bem-aventurança, sabedoria e santidade!” (Martinho Lutero, Sermão na Festa da Visitação em 1537.)

“Devemos honrar Maria como ela mesma desejou e expressou no Magnificat. Louvou a Deus por suas obras. Como, então, podemos nós a exaltá-la? A honra verdadeira de Maria é a honra a Deus, louvor à graça de Deus. Maria não é nada para si mesma, mas para a causa de Cristo. Maria não deseja com isso que nós a contemplemos, mas, através dela, Deus.” (Martinho Lutero, Explicação do Magnificat, em 1521.)

Lutero vai além: dá à Bem-Aventurada Virgem Exaltada a posição de “Mãe Espiritual” para os cristãos.

“É a consolação e a bondade superabundante de Deus, o homem pode exultar por tal tesouro: Maria é sua verdadeira mãe, Jesus é seu irmão, Deus é seu Pai.” (Martinho Lutero, Sermão de Natal de 1522.)

“Maria é a Mãe de Jesus e a Mãe de todos nós, embora fosse só Cristo quem repousou no colo dela… Se ele é nosso, deveríamos estar na situação dele; lá onde ele está, nós também devemos estar e tudo aquilo que ele tem deveria ser nosso. Portanto, a mãe dele também é nossa mãe..” (Martinho Lutero, Sermão de Natal de 1529.)

Uma coisa é certa: a rejeição dos protestantes atuais à Mãe de Deus é novidade, coisa recente…

 

 No amor de Deus e na amizade de Maria,

Fábio Alexandro Sexugi
fonte: http://www.amigosdenossasenhora.hpg.ig.com.br/a_devocao.htm

Responses

  1. É verdade! Não se sabe por que meio ou quem introduziu o diabólico ensino de que a Virgem Maria teve outros filhos. Maria Sempre Virgem! Quem difundir outro ensinamento seja anátema! Quem for desrespeitoso com a Pura Virgem seja anátema!

  2. Que lindoo!!! Como é bom saber que há publicações como esta na internet ao alcance de todos! Pq quando participei de uma comunidade luterana, ao falar em Maria notava que era algo que não agradava nem um pouco aos meus irmãos luteranos, alguns até mesmo com expressões de deboche e ironia me olhavam e riam!!!
    Lógico que a mãe, continua os amando incondicionalmente como ama a todos seus filhos, mas infelizmente é uma pena que eles não amem a nossa Imaculada Mãe Maria… que na minha opinião é a mulher mais FANTÁSTICA E MARAVILHOSA que existe!!!
    Um abraço!!!
    Fernanda Rocha

  3. Caro Marcos,
    Então voce acha que Deus tem Mãe?
    Que ela não teve outros filhos com José, seu esposo, e que ela já subiu ao céu, como Jesus?
    Voce acha também que ela é intercessora dos católicos?
    Então pegue a sua Bíblia Católica e verifique o que eu vou lhe escrever (a sua Bíblia é igual à dos Evangélicos).
    1 – O Evangelho de João foi escrito quase no final do primeiro século, é a data mais aproximada. Veja o que ele diz à respeito de quem realmente subiu ao céu. Jesus já tinha morrido há muito tempo – João 3:13 – Só subiu ao céu, aquele que de lá desceu – o Filho do homem (que já está no céu)-
    2 – Os que morrem salvos, vão para o Paraíso, para aguardarem a primeira ressureição e que se dará no arrebatamento da igreja de Jesus-Leia Primeira Tessalonicenses 4:13 à 18 –
    3 – Quando o ladrão da cruz reconhece à Jesus como Deus e Salvador-veja o que o Senhor disse à ele: “Em verdade te digo, hoje mesmo estarás comigo no Paraíso” – Lucas 23:43 – O Paraíso é como uma sala de espera para a ressurreição-veja bem, não é purgatório. Isso não existe-É só ler lá em Lucas 16:19 à 31- Alí, Jesus mostra que só há dois destinos após a morte – céu ou inferno.
    4 – Nunca o céu onde Deus tem o Trono dele, foi chamado de Paraíso, lá é o céu mesmo.
    5 – Quando José despertou do sonho, sobre Maria, ele a recebeu-Veja Mateus 1:25 – diz assim: Mas, José não a conheceu (teve sexo com ela) até que ela deu à luz, o seu primogênito. Naquela época, o termo “conhecer” era o mesmo sentido de hoje como “sexo”. O termo “até que”, mostra com clareza, que houve um tempo determinado, que foi a finalização da gestação até o parto. Outra coisa, naquela época, Marcos, não existia cesária, então fatalmente, no parto de Jesus, ela já deixou de ser virgem.
    6 – Veja os irmãos de Jesus: Mateus 13:55 – Não é este o filho do carpinteiro? e não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos TIAGO, JOSÉ, SIMÃO E JUDAS? E não estão entre nós todas as suas irmãs?- Em nenhum lugar da Bíblia, voce vai ver a igualdade de tratamento entre primos e irmãos carnais, pois são diferenciados.
    7 – Primeira razão pela qual Maria não é mediadora – veja em Primeira Timóteo 2:5 – Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem.
    Segunda razão (entre outras mais) – Em Isaías 42:8 – Deus diz assim: “EU SOU O SENHOR; ESTE É O MEU NOME! A MINHA GLÓRIA NÃO A DAREI A OUTREM, NEM O MEU LOUVOR ÀS IMAGENS DE ESCULTURA” – Voce sabe, Marcos, de que glória Deus se refere aqui? – A única que ele jamais dará a quem quer que seja – é a ONIPRESENÇA, ONIPOTÊNCIA E A ONISCIÊNCIA – essas, Marcos, são características que só à Trindade pertence.
    Portanto, Maria, Expedito, João, eu, voce, ninguém jamais poderá ter essa Essência. Maria não tem a ONIPRESENÇA, e nem ainda está no céu, e nem Jesus precisa de porta-voz lá no céu. Ele é Deus e jamais colocaria um sêr humano junto à ele, como se fosse uma quarta Trindade. Isso é aberração, a falta do conhecimento da Palavra de Deus, leva às heresias, e heresia, é tudo que está fora da Bíblia. Nós só podemos pedir ao pedir ao Pai em nome de Jesus – Evangelho de João 16:23 – “Em verdade, em verdade vos digo que tudo o que PERDIRDES AO MEU PAI, EM MEU NOME, ELE VOS DARÁ”
    Infelizmente, querido, de Constantino em diante, a igreja de Jesus deixou de ser primitiva – e se embrenhou naquelo que diz lá em Apocalípse 22: 18 e 19 – Leia.
    Veja quem somente pode ser o CABEÇA DA IGREJA – JESUS – Efésios 5:23 -Porque o marido é a cabeça da mulher, como também CRISTO é a CABEÇA da IGREJA- veja mais: Efésios 1: 22 E (Deus Pai) sujeitou todas as coisas a seus pés e, sobre todas as coisas, o constituiu como CABEÇA da IGREJA. Portanto, o Papa, jamais poderá ser o cabeça da igreja, já começa errado por aí.
    Querido, não me leve à mal, apenas estou lhe mostrando o que a Bíblia diz realmente sobre a veneração às sêres humanos que por aqui passaram e que ainda passarão. Todos viemos de Adão, com exceção de Jesus, que foi gerado pelo Espírito Santo, Maria foi apenas o canal para a vinda dele. Ela também veio de Adão e precisou de um Salvador ( o seu Filho)- pois ela mesmo se declarou PECADORA (que herdou o pecado original de Adão e Eva) – veja o que ela diz: Lucas 1:46 e 47 – A minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus meu SALVADOR-Só precisa de um Salvador quem é pecador. Ela foi sim, uma mulher correta, dígna, uma autêntica servo do Senhor Deus. Apenas, isso. Leia a Bíblia com mais atenção, e veja o que realmente ela fala.
    Um abraço, e mais uma vez, não me queira mal por eu lhe mostrar isso. “E CONHECEREIS A VERDADE ,E A VERDADE VOS LIBERTARÁ

    • Cara Zezene, a minha respota já enviada para o seu email.

      Mas para os que agora lêem esse texto. Farei algumas considerações.
      Vc colocou: “Então voce acha que Deus tem Mãe?” Não, no catolicismo não há espaço para achismos. Quem acha muito são os protestantes, tanto é que eles nunca chegam num acordo e saem fundando um monte de seita por ai. Nós temos certeza que Maria é mãe de Deus! O concílio de Éfeso em 431 proclamou o dogma “Theotokos” (Mãe de Deus). Na época reinava muitos debates sobre a divindade de Jesus. Debatiam sobre a natureza de Jesus. Dizer que Maria não mãe de Deus é concordar com tais doutrinas que diziam que Jesus não era 100% Deus. Se Jesus é Deus, e se Maria é mãe de Jesus, logo Maria eh mãe de Deus. Entenda aqui que Maria não é Deusa, ela é uma das suas criaturas, mas porém, Deus quis ter uma mãe. (faz parte do mistério da encarnação).

      Bom, vc continua mais: “Voce acha também que ela é intercessora dos católicos?” . Como já falei, nós não achamos, nós temos a certeza e as razões para esta certeza mandei para o seu email. Vou parar por aqui.
      Já enviei para o seu email todas as respostas. Claro que o que eu mandei não esgota o assunto.

      Quem se interessar mande-me um email: marcosp_med@hotmail.com

  4. CARO MARCOS,
    VEJA SOBRE AS IMAGENS-ÊXODO 20- SALMOS 115 (NA BÍBLIA CATÓLICA É O 114, ISAÍAS 45.
    JESUS O ÚNICO INTERCESSOR – PRIMEIRA TIMÓTEO 2:5
    SÓ HÁ CÉU E INFERNO-EVANG.LUCAS 16;19À 31.
    O ARREBATAMENTO DA IGREJA – PRIMEIRA TESSALONICENSES 4;13 À 18 –
    SÓ JESUS SUBIU AO CÉU-EVANG.JOÃO 3;13;
    E PARA ONDE VÃO OS SALVOS- PARAÍSO- QUANDO JESUS FALA AO LADRÃO DA CRUZ-HOJE MESMO ESTARÁS COMIGO NO PARAÍSO;
    NÃO EXISTE PURGATÓRIO-EVANG.LUCAS 16:19 À 31.
    SE PURGATÓRIO EXISTISSE, PARA QUÊ JESUS V IRIA AQUI NESTE MUNDO PARA MORRER POR NÓS?
    EXAMINE MELHOR AS ESCRITURAS.
    UM ABRAÇO.

    • Como a Sra. Zezene perguntou muita coisa de uma vez, fiz questão de mandar as respostas para o seu email.
      Se alguém se interessar pela resposta eu envio para o email.

  5. lutero não adorava maria, ele tinha um profundo respeito pela pessoa de maria como tenho, como por paulo, mas ele nunca adorou a a maria depois da converção. esses textos não são de adoração, ela não é mãe de Deus, não continuou virgem , ela teve varios filhos, a bíblia é clara e nenhum documento ou dogma é superior a biblia. porque os apostolos se calram a respeito a maria. se fosse uma doutrina tão fundamental como vcs alegam os apostolos teriam tratado com muita veemencia a adoração a 4 pessoa da trindade como vcs a consideram, mas não maria foi uma serva de Deus como nós devemos ser.

    • Se Lutero tivesse adorado Maria, ele não teria sido católico. O catolicismo adora somente a Trindade! Se vc ainda não entendeu o papel singular de Maria na vida da Igreja, não venha falar besteira aqui.
      Vc está tão longe da realidade que afirma que maria não é mãe de Deus. Ora, ela é mãe da pessoa de Jesus. Logo é mãe de Deus. Ser mãe da pessoa de Jesus não implica em ser criadora da sua natureza divina. Todos sabemos que Maria é criatura de Deus. Mas se o verbo verdadeiramente se fez carne, é pq teve verdadeiramente uma mãe.
      Nenhum documento ou dogma é superior a bíblia e nem poderia. Os dogmas estão em pé de igualdade com a bíblia. A sagrada tradição e as sagradas escrituras tem uma raiz comum. Não é que os apóstolos se calassem a respeito de Maria, mas não havia total entendimento sobre a figura de Maria, como Jesus disse, que o Espírito Santo iria recordando com o tempo. Foi isso que aconteceu! A única Igreja de Cristo que tem o poder de ligar e desligar foi ao longo dos séculos compreendendo o que já existia no coração de Deus.
      4º pessoa da santíssima trindade é loucura e invenção protestante. Absurdo isso! Cara, hj no mundo onde a informação é democrática, onde vc tem internet, tem muitas fontes de informação… vc ainda continua repetindo o que escuta na sua escolinha dominical!! Paciência!

  6. QUERIDOS IRMÃOS E AMIGOS, VAMOS PARAR COM ESTE “BATE BOCA”.
    A BÍBLIA SAGRADA É A UNICA REGRA DE FÉ QUE DEUS NOS DEIXOU.
    PRONTO. O QUE ESTIVER FORA DISTO É INVENÇÃO HUMANA E O HOMEM FALHA.
    INFELIZMENTE OS QUE ARGUMENTARAM SOBRE A MARIOLATRIA E OUTROS DOGMAS , ANTI-BÍBLICOS, DEVERIAM CITAR OS TEXTOS BÍBLICOS PARA EMBASAR SUAS VERDADES EM BASES SÓLIDAS E NÃO GALGÁ-LAS EM :CONCÍLIOS (CONCEITOS EXPRESSAMENTE HUMANOS), CHEGOU-SE A CONCLUSÃO, ETC.
    PARA FINALIZAR, REALMENTE, O QUE CONTINUAMOS OUVINDO NA “ESCOLINHA DOMINICAL” TEM NOS SERVIDO PARA CONHECER CADA VEZ MAIS ESTE DEUS MARAVILHO E , APESAR DE NOSSAS FRAQUEZAR, SERVI-LO CADA VEZ MELHOR.
    UM CONVITE. PASSE A FREQUENTAR UMA DE NOSSAS ESCOLINHA E SEUS OLHOS ABRIRAM PARA AS VERDADES DE DEUS.
    SALVE JESUS.
    JOSUÉ

    • Josué, baseado em que vc diz que a bíblia é a única regra de fé? Se ela não foi para a igreja primitiva, por que seria pra vc?
      A Própria Bíblia que vc tem aí é fruto da Tradição da Igreja Católica. Foi ela que no século IV discerniu quais eram os livros inspirados por Deus. Procure na sua bíblia se há alguma lista dos livros inspirados? Não!! Então, a Igreja Católica discerniu os livros que estavam e quais não estavam de acordo com a tradição apostólica.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: