Publicado por: marcospauloteixeira | Outubro 21, 2009

IGREJA CATÓLICA PEDE APOIO À INSTALAÇÃO DA CPI DO ABORTO

IGREJA CATÓLICA PEDE APOIO À
INSTALAÇÃO DA CPI DO ABORTO

================================================

APRESENTAÇÃO E RESENHA

O Deputado Luiz Bassuma requisitou a abertura de uma Comissão
Parlamentar de Inquérito na Câmara dos Deputados para investigar
quem está financiando a promoção do aborto no Brasil e qual o
envolvimento do governo nesta agenda internacional depois que o
Ministro da Saúde, José Gomes Temporão além de outras
declarações, afirmou diante das Câmaras da TV Cultura que,
mesmo faltando recursos básicos no sistema de saúde, em caso de
aprovar-se a legalização do aborto não haveria necessidade de
preocupar-se sobre como financiar a prática de um milhão e meio de
abortos por ano, pois não faltariam recursos internacionais para
tanto. Pode-se ouvir em aúdio o próprio deputado depondo a respeito
na audiência pública realizada na Câmara dos Deputados, na quarta
feira dia 10 de outubro de 2007.

[http://www.pesquisasedocumentos.com.br/audienciapublica.mp3]

Se instalada, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI)
descobriria facilmente não apenas que há um projeto internacional
interessado em promover o aborto no Brasil mas que, mais ainda, a
partir do momento em que chegou ao poder, a cúpula do Partido dos
Trabalhadores, contrariando suas próprias bases eleitorais e os
interesses que afirma representar, quis transformar-se no principal
aliado deste projeto que pretende negar a personalidade jurídica antes
do nascimento, remover completamente todos os tipos de aborto do
Código Penal, reconhecer o aborto como um novo direito humano e
tornar a prática totalmente livre em qualquer momento da gestação.

Por causa desta e de outras atividades em defesa da vida, o
Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores, em julgamento
ocorrido no dia 17 de setembro de 2009, condenou por unanimidade
os Deputados Luiz Bassuma e Henrique Afonso, à suspensão de suas
atividades legislativas, acusados de haverem violado gravemente o
Código de Ética Partidária por haverem militado contra a
descriminalização do aborto.

É o que afirma claramente o comunicado apresentado no site oficial do
PT sobre o julgamento, onde se encontra também a íntegra da
sentença proferida:

“O DIRETÓRIO NACIONAL DO PT, REUNIDO
NESTA QUINTA-FEIRA (17), ANALISOU OS
PARECERES DAS COMISSÕES DE ÉTICA
INSTAURADAS CONTRA OS DEPUTADOS
FEDERAIS LUIZ BASSUMA (PT-BA) E
HENRIQUE AFONSO (PT-AC). POR
UNANIMIDADE, OS MEMBROS DO DN
ENTENDERAM QUE OS DOIS DEPUTADOS
INFRINGIRAM A ÉTICA-PARTIDÁRIA AO
“MILITAREM” CONTRA RESOLUÇÃO DO 3º
CONGRESSO NACIONAL DO PT A RESPEITO DA
DESCRIMINALIZAÇÃO DO ABORTO”.

http://www.pt.org.br/portalpt/index.php?option=com_content&task=view&id=81962&Itemid=195

A difusão mundial do aborto nos anos recentes transformou-se em um
dos maiores casos de corrupção de toda a história.

As organizações que financiam internacionalmente o aborto não apenas
investem milhões de dólares para transformarem a prática do aborto em
um novo direito humano, como também, nos países onde suprimir a vida
de um ser humano antes do nascimento é definido pela lei como crime,
patrocinam também a própria disseminação e a impunidade do aborto
clandestino.

A CPI do aborto, já criada na Câmara no dia 8 de dezembro de
2008, não foi instalada até o momento apenas porque as
organizações que recebem dinheiro do exterior para promoverem o aborto
no Brasil estão exigindo dos líderes das bancadas partidárias que
não indiquem os deputados necessários para que a Comissão
Parlamentar de Inquérito possa começar seus trabalhos.

Neste domingo encerrou-se em Itaici a 31ª Assembléia das
Igrejas do Regional I da CNBB. Entre os dias 16 e 18 de
outubro de 2009, 46 Dioceses da Igreja Católica no Estado de
São Paulo elaboraram um documento manifestando

“INDIGNAÇÃO PELO ACONTECIDO COM OS
DOIS DEPUTADOS”,

denunciando o PT

“PELA ATITUDE DE INTRANSIGÊNCIA E
RETROCESSO NA CONSTRUÇÃO DO ESTADO
DEMOCRÁTICO, EM CONTRADIÇÃO COM
DIVERSOS DOCUMENTOS INTERNACIONAIS
SOBRE DIREITOS HUMANOS E OS PRINCÍPIOS
DO EVANGELHO”,

e pedindo

“APOIO À CPI DO ABORTO PARA INVESTIGAR
O FINANCIAMENTO DO CRIME DO ABORTO
SUSTENTADO POR INTERESSES
ESTRANGEIROS QUE QUEREM IMPOR AO
BRASIL E AMÉRICA LATINA A POLÍTICA
PERVERSA DO CONTROLE DEMOGRÁFICO”.

Leia a seguir o texto completo da moção.

EM SEGUIDA TELEFONE AOS DEPUTADOS
FEDERAIS QUE COMPÕEM A FRENTE
PARLAMENTAR EM DEFESA DA VIDA,
EXPLICANDO-LHES COM SUAS PRÓPRIAS
PALAVRAS O QUE ESTÁ ACONTECENDO E
PEDINDO-LHES QUE EXIJAM A IMEDIATA
INSTALAÇÃO DA COMISSÃO PARLAMENTAR DE
INQUÉRITO SOBRE O ABORTO.

Os mails e telefones dos membros da Frente Parlamentar em Defesa da
Vida seguem após o documento de Itaici.

Em uma democracia não se pode tolerar que um dos maiores casos de
corrupção da história, envolvendo uma aliança do governo nacional
com uma agenda internacional para subverter desde as raízes, o direito
humano fundamental à vida, não seja investigado apenas porque os
próprios envolvidos estão pedindo para que o assunto seja arquivado.

Recebido por email: sdv@pesquisasedocumentos.com.br


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: