Publicado por: marcospauloteixeira | Dezembro 29, 2009

COMO SABER SE NA SUA PARÓQUIA A TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO É FORTE?

COMO SABER SE NA SUA PARÓQUIA A TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO É FORTE?

Por Marcos Paulo Teixeira

Atualmente, a TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO é a doutrina herética que mais ataca a Sã doutrina Católica. Na verdade, ela não é uma heresia, mas sim, um conjunto de heresias que até fica difícil detectá-la nas nossas paróquias.

“A TL, porém, prega um conceito marxista (inspirado pelo teórico do marxismo – do comunismo -, Marx) segundo o qual haverá um paraíso na Terra quando os pobres retirarem dos ricos as riquezas e as distribuírem, criando assim uma sociedade sem classes.” (Prof. Felipe Aquino)

Se na sua paróquia há alguns desses tópicos abaixo, cuidado! A TL pode ser forte nela.

1 – Se na quaresma, os ministérios de música são forçados a cantar os cantos da Campanha da Fraternidade durante os 40 dias, sendo explicitamente proibidos cantar outros cantos;

2 – Se no dia 7 de setembro,  todos os grupos são obrigados a participar do grito dos excluídos, cancelando todos os eventos paroquiais nesse horário, e o que é pior, o padre diz que o grito dos excluídos equivale à via-sacra;

3 – Se no canto do Cordeiro da Santa Missa, toca-se a melodia asa branca de Luiz Gonzaga;

4 – Se é distribuído nas pastorais para ser estudado as “análises de conjuntura” escritas por assessores marxistas infiltrados na CNBB;

5 – Se no final da reunião da pastoral da juventude terminar sempre com AXÉ ao invés de amém;

6 – Se na homilia o padre diz que Jesus era socialista por preferir os pobres;

7 – Se no ofertório da Missa é ofertado ícones da luta operária como enxada, colher de pedreiro, bandeira da MST etc;

8 – Se na Via Sacra do período quaresmal, faz-se reflexões comunistas da causa operária, ao invés das reflexões espirituais;

9 – Se o canto de entrada for: “A Igreja é povo que se organiza”;

10 – Se na “Missa do Vaqueiro”, os vaqueiros comungam  montados;

11 – Se a comunhão é distribuída sob a forma de pão francês;

12 – Se nas reuniões de formação para líderes tiverem exclusivamente temas como formação de fé e política;

13 – Se as seitas protestantes crescem muito na região da paróquia;

14 – Se o padre diz na Missa que não usa batina graças à Deus;

15 – Se há bebedeira de grupo de casais depois da Santa Missa, alegando que é confraternização;

16 – Se a paróquia forma os jovens com textos de Jon Sobrinho, Leonardo Boff, Frei Betto etc;

17 – Se na procissão de entrada da Bíblia entra um jovem sem camisa dançando danças africanas levando a Bíblia até o altar;

18 – Se é desencorajado a leitura de textos do Cardeal Joseph  Ratzinger, atual Papa Bento XVI;

19 – Se o padre da paróquia é filiado ao PT, PCdoB outro partido comunista;

20 – Se nos festejos do padroeiro tem um dia reservado para maçons e outro para espíritas afro-descendentes;

21 – Se a metodologia de formação de pastoral for: VER, JULGAR E AGIR;

22 – Se o tema das reuniões das comunidades de base forem tipo “ESPIRITUALIDADE LIBERTADORA” ou “Seguir Jesus no compromisso dos excluídos”;

23 – Se numa palestra DST/AIDS não se falar em castidade;

24 – Se o discusso de líderes paroquiais forem tipo: A Doutrina da Igreja não interessa, assim como não interessa o céu. Interessa sim a organização de movimentos populares para lutar por reivindicações puramente materiais: terras (como o MST), aumentos salariais, etc;

25 – Se nos encontros de pastorais o palestrante falar que a graça de Deus é apenas uma expressão, e os Sacramentos são apenas símbolos – a Eucaristia é símbolo da partilha do pão material, o Batismo é símbolo de compromisso com a causa da Revolução comunista;

26 – Se você encontrar um cartaz no quadro de aviso da paróquia com os dizeres:  “Libertação” significa a obtenção de condições materiais adequadas na terra através de reivindicações políticas: terra, casa própria, sistemas sanitários, etc.”;

27 – Se sua paróquia tiver CPT (comissão pastoral da Terra), pois para a TL, a propriedade particular é uma abominação, o único pecado existente. O apego aos bens materiais – terra, casa, etc. – porém, é visto por eles como um bem. O objetivo do homem, para eles, é justamente lutar por bens materiais;

28 – Se nas reuniões da Pastoral da Juventude estiver no centro a foto de Che Guevara ou Fidel Castro, ao invés da Cruz;

29 – Se o jornalzinho da Missa é “O DOMINGO”;

30 – Se a programação para os encontros de crismar for: Sociedade, libertação do excluídos, papel da Igreja frente a conjuntura política brasileira etc;

31 – Para a TL a existência da Hierarquia é sinal de um roubo de poder que deveria pertencer ao “Povo”. É por isso que nas dioceses ainda em poder da TL, não são incentivadas as vocações sacerdotais e as paróquias são substituídas por comunidades dirigidas por leigos, logo na paróquia não há pastoral vocacional;

32 – Se na homilia da Missa, o padre chamar um  leigo para fazer a reflexão;

32 – Se é extremamente difícil você conseguir se confessar com o seu pároco, pois para a TL não existe pecado individual, mas sim social, quando você não adere a causa comunista;

33 – Se não há adoração ao Santíssimo Sacramento na paróquia, pois para a TL, a oração é apenas  um símbolo;

34 – Se a atitude do arcebispo de Olinda e Recife (PE), D. José Cardoso Sobrinho, que falou da excomunhão pela força do próprio ato, para os que participaram do aborto dos gêmeos de Alagoinha, foi duramente questionada na sua paróquia;

35 – Se a Romaria da Terra foi tida como peregrinação religiosa;

36 – Se o Padre autorizar a comunhão dos casais de segunda união;

37 – Se na sua paróquia há confissão comunitária;

38 – Se as passeatas são mais incentivas que as procissões;

39- Se a ecologia for o assunto principal da formação paroquial;

40 – Se a ordenação feminina for defendida na homilia;

41 – Se ouvir falar em “espírito do Concílio Vaticano II” para justificar a luta pela causa operária;

42 – Quando o pároco não quer saber de escola bíblica ou escola da fé na sua paróquia.

 

Vou parar por aqui… tu isso que escrevi foi o que vivenciei nas paróquias por onde passei, creio que essa lista pode ser maior na sua paróquia.

Então,  como combater a Teologia da Libertação?

A primeira coisa é estudar o que é a TL e depois formar outros e outros para que juntos formemos frente a essa heresia.

Eis alguns pronunciamentos oficiais da IGREJA CATÓLICA sobre assuntos questionados pela TL disponíveis no site http://www.veritais.com.br:

Beato Pio IX

Quanta Cura (8 de dezembro de 1864), sobre o comunismo, o socialismo e o protestantismo

Leão XIII

Humanum Genus (20 de abril de 1884), sobre a Maçonaria

Immortale Dei (1° de novembro de 1885), sobre a constituição cristã dos Estados

Inscrutabili Dei Consilio (21 de abril de 1878), sobre os males da sociedade moderna, suas causas e seus remédios

Libertas Praestantissimum (20 de junho de 1888), sobre a liberdade e o liberalismo

Quod Apostolici Muneris (28 de dezembro de 1878), sobre o socialismo – em inglês

Rerum Novarum (15 de maio de 1891), sobre a condição dos operários

Sapientiae Christianae (10 de janeiro de 1890), sobre os cristãos como cidadãos – em inglês

Tametsi Futura Prospicientibus (1 de novembro de 1900), sobre Jesus Cristo Redentor – em inglês

 São Pio X

E Supremi (4 de Outubro de 1903), sobre a restauração de todas as coisas em Cristo Rei – em inglês

Il Fermo Proposito (11 de Junho de 1905), sobre a ação católica na Itália – em inglês

Vehementer Nos (11 de Fevereiro de 1906), sobre a lei francesa de separação entre Igreja e Estado – em inglês

 Bento XV

Pacem, Dei Munus Pulcherrimum (23 de Maio de 1920), sobre a restauração cristã da paz – em espanhol

 Pio XI

Acerba Animi (29 de Setembro de 1932), sobre a perseguição da Igreja no México – em inglês

Divini Illius Magistri (31 de Dezembro de 1929), sobre a educação cristã da juventude

Divini Redemptoris (19 de Março de 1937), sobre o comunismo

Mit Brennender Sorge (14 de Março de 1937), sobre a Igreja no Reich alemão – em inglês

Nos Es Muy Conocida (28 de Março de 1937), sobre a situação religiosa no México – em inglês

Quadragesimo Anno (15 de Maio de 1931), sobre a restauração e aperfeiçoamento da ordem social em conformidade com a lei evangélica, no XL aniversário da Encíclica de Leão XIII “Rerum Novarum”

Quas Primas (11 de Dezembro de 1925), sobre a festa de Cristo Rei – em espanhol

Ubi Arcano Dei Consilio (23 de Dezembro de 1922), sobre a paz de Cristo no Reino de Cristo – em inglês

 Pio XII

Dum maerenti animo (29 de junho de 1956), sobre a perseguição religiosa na Europa Oriental – em italiano

Sacro vergente anno (7 de julho de 1952), sobre a consagração da Rússia ao Imaculado Coração de Maria – em italiano

Cupimus imprimis (18 de janeiro de 1952), sobre a Igreja Católica na China – em italiano

Ad Apostolorum Principis (29 de Junho de 1958), sobre a Igreja Católica na China

Ad Caeli Reginam (11 de Outubro de 1954), sobre a realeza de Maria e a instituição de sua festa

Anni Sacri (12 de Março de 1950), sobre a oração cristã e a concórdia entre os povos

Haurietis Aquas (15 de Maio de 1956), sobre o culto do Sagrado Coração de Jesus

Humani Generis (12 de Agosto de 1950), sobre as opiniões falsas que ameaçam a doutrina católica

Meminisse Iuvat (14 de Julho de 1958), sobre a paz no mundo e a liberdade da Igreja

Mirabile Illud (6 de Dezembro de 1950), sobre a concórdia entre os povos

Optatissima Pax (18 de Dezembro de 1947), sobre as orações públicas para a pacificação dos povos

Quemadmodum (6 de Janeiro de 1946), sobre a assistência às crianças indigentes

Summi Maeroris (19 de Julho de 1950), sobre um novo pedido de orações pela paz e concórdia entre os povos

Summi Pontificatus (20 de Outubro de 1939), sobre o programa de seu pontificado

Beato João XXIII

Mater et Magistra (15 de maio de 1961), sobre a evolução da questão social à luz da doutrina cristã

Pacem in Terris (11 de abril de 1963), sobre a paz de todos os povos na base da verdade, justiça, caridade e liberdade

Concílio Ecumênico Vaticano II

Gaudium et Spes (7 de dezembro de 1965), sobre a Igreja no mundo de hoje

Paulo VI

Evangelii Nuntiandi (8 de dezembro de 1975), sobre a evangelização no tempo presente

Octogesima Adveniens (14 de maio de 1971), sobre o LXXX aniversário da “Rerum Novarum”

Populorum Progressio (26 de março 1967), sobre o desenvolvimento dos povos

João Paulo II

Laborem Exercens (14 de Setembro de 1981), sobre o trabalho humano no XC aniversário da “Rerum Novarum”

Sollicitudo Rei Socialis (30 de Dezembro de 1987), sobre o XX aniversário da “Populorum Progressio”

Centesimus Annus (1 de Maio de 1991), sobre o centenário da “Rerum Novarum”

Evangelium Vitae (25 de Março de 1995), sobre o valor e a inviolabilidade da vida humana

Carta à CNBB (9 de Abril de 1986), sobre a missão da Igreja e a Teologia da Libertação

Documentos da Cúria

Syllabus

Nota doutrinal sobre algumas questões relativas à participação e comportamento dos católicos na vida política (24 de Novembro de 2002)

Decreto contra o comunismo

Libertatis nuntius (6 de Agosto de 1984), sobre alguns aspectos da “Teologia da Libertação” – em espanhol

Libertatis conscientia (22 de março de 1986), sobre a liberdade cristã e a libertação – em inglês


Responses

  1. Opa ainda bem que tem TL na minha paróquia viva \õ

    • Tá Feliz bia?
      Da pra ver sua preocupação com a sua paróquia!

  2. Eu ficaria preocupado se na minha paróquia não houvesse TL. Aí sim seria um sinal de que os ensinamentos de Jesus não estavam sendo seguidos. O irmão está mal informado sobre a TL, isso que vc diz pode ter algum sentido (mas nao muito), 30, 40 anos atrás, quando ainda se lutava por uma democracia e a miséria aflorava pelo Brasil.

    • Preocupado por quê? Sinal de seguimentos dos ensinamentos de Jesus? Que mundo vc vive hein? A Teologia da Libertação é inimiga da Igreja e de Deus por distorcer a sã doutrina.
      Um Teologia herética que já foi condenada pela Igreja, não pode continuar nas paróquias!

  3. Mais uma vez irmão, digo que estás mal informado sobre as Cebs. Leia o documento da CNBB emitido em 2010 sobre as CEbs e verá que não há nada disso q vc está falando. Se vc nao concorda com a CNBB, entao nao sei de q igreja vc esta falando.

    http://www.cnbb.org.br/site/comissoes-episcopais/laicato/setor-cebs/3505-mensagem-ao-povo-de-deus-sobre-as-comunidades-eclesiais-de-base

    Nao estou dizendo que a CEBs é perfeita, certamente muitos líderes erraram em suas atitudes, assim como errou a Igreja e Papas e no passado ao matar indios, negros, mulheres, cientistas chamando de bruxos ou gente sem alma.

    Heresia é ir contra seus proprios irmaos, cuidado com suas atitudes. Jesus nao veio pra condenar, mas pra salvar.

    Amém!

    • Rodrigo, vc me pergunta se eu concordo com a CNBB.
      Ora, a CNBB, em sua maioria, desobedece ao Papa, quanto trata da Teologia da Libertação.

      Agora eu que te pergunto: Se vc não concorda com Roma, não sei de que igreja vc está falando.

      Vejo que de história da Igreja vc passa longe. É tipico dos participantes de tais movimentos comunistas, acusam a Igreja do passado pra justificar seus erros do presente.

      Não meu amigo, heresia é ir contra a doutrina revelada por Deus e confiada a Igreja Católica.
      Jesus veio para salvar, mas também para mostrar o que não presta nesse mundo.

      Achas que estás sendo um bom cristão desobedecendo o Papa e obedecendo a meia dúzia de bispos comunistas?

  4. Confesso que na Minha paróquia, ou melhor na Minha Diocese acontece várias coisas citadas acima, pode-se ressaltar “O grito dos excluídos “, “confissão comunitária”, mas pra falar a verdade a minha Diocese não esconde de Ninguém, que é influenciada pela Teologia da libertação e eu fico muito estarrecido com essa situação, eu acho que o vaticano deveria mandar um representante para fiscalizar as Dioceses e punir Bispos e padres que agem de maneira errada, muitas vezes cientes do que estão fazendo.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: