Publicado por: marcospauloteixeira | Agosto 25, 2011

urgente – senado recebe plataforma para legalizar aborto

Urgente – senado recebe plataforma para legalizar aborto

Quarta feira, 24 de agosto de 2011 

A TODOS OS QUE COMPREENDEM O VALOR DA VIDA HUMANA: 

============================================ 

OBJETIVO DESTA MENSAGEM: 

Conforme havia sido anunciado pela Senadora Marta Suplicy, as organizações que promovem o reconhecimento do aborto como um direito humano no Brasil, pesadamente financiadas por um conglomerado de fundações norte americanas, estão voltando o foco de suas atenções para o Senado Federal. 

Dois dias após o término das eleições de 2010, ao ser questionada por uma repórter sobre 

“AS CHANCES, DEPOIS DO QUE ACONTECEU NAS ELEIÇÕES DE 2010, DO PT RETOMAR BANDEIRAS HISTÓRICAS COMO O DIREITO AO ABORTO E AO CASAMENTO GAY” 

a senadora Suplicy respondeu: 

“CERTAMENTE A PRIORIDADE DO GOVERNO PASSARÁ LONGE DISSO, E A PRESIDENTE DILMA SE COMPROMETEU E NÃO FARÁ NENHUM GESTO NESTE SENTIDO. PORÉM O CONGRESSO É OUTRA COISA, E PROVAVELMENTE DEVERÁ 
RECUPERAR”. 

http://www.documentosepesquisas.com/suplicy.wmv 

Nesta quinta feira passada, dia 18 de agosto de 2011, a Frente Nacional contra a Criminalização das Mulheres e pela Legalização do Aborto, reuniu em Brasilia, nas dependências do Congresso Nacional, as representantes de diversas ONGs que promovem a legalização do aborto no Brasil, para a realização de uma plenária. Em seguida as representantes das organizações seguiram para umadiência pública, convocada pela Senadora Lídice da Mata, do PT da Bahia, com o apoio da senadora Ângela Portela, do PT de Roraima, e da senadora Ana Rita, do PT do Espírito Santo, realizada no Auditório Petrônio Portela do Senado Federal. 

O tema da audiência, conforme a convocação oficial, era um “DEBATE SOBRE OS DIREITOS SEXUAIS E 
REPRODUTIVOS DAS MULHERES.” 

http://legis.senado.gov.br/sil-pdf/Comissoes/Permanentes/CDHSPDM/Pautas/20110818SC005.pdf 

Durante a audiência, representantes de várias ONGs, entre as quais entre as quais a Articulação de Mulheres Brasileiras, a 
Marcha Mundial de Mulheres, a Liga Brasileira de Lésbicas, a União Nacional dos Estudantes e a Central Única dos Trabalhadores, apresentaram aos sernadores o documento da PLATAFORMA PARA LEGALIZAÇÃO DO ABORTO NO BRASIL. 

http://www.senado.gov.br/noticias/movimento-de-mulheres-critica-projetos-de-lei-contrarios-a-interesses-femininos.aspx 

O documento da Plataforma, distribuído no Senado, mas não divulgado pelos meios de comunicação, afirma, entre outras coisas, que pretende-se retomar, no Brasil, “A PROPOSTA DE LEGALIZAÇÃO ELABORADA PELA COMISSÃO TRIPARTITE, INSTITUÍDA EM 2005 PELA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES, RETIRANDO A PRÁTICA 
DE ABORTAMENTO DO CÓDIGO PENAL”, isto é, o infame projeto elaborado pelo Governo Lula, apresentado sob a forma do substitutivo do PL 1135/91, que pretendia tornar o aborto legal durante todos os nove meses da gravidez, uma vez que, removido do Código Penal todas as figuras do crime de aborto, não haverá, no ordenamento jurídico brasileiro, qualquer tipificação de crime contra a vida antes do nascimento. 

A Plataforma insiste, porém, paradoxalmente, em “REFUTAR A TESE DE QUE SE PRETENDE 
LEGALIZAR O ABORTO ATÉ O NONO MÊS DE GESTAÇÃO”. 

A Plataforma afirma também que o aborto é apenas “O RESULTADO DA INTERRUPÇÃO DA GRAVIDEZ ATÉ A 22ª SEMANA DE GESTAÇÃO E CUJO PRODUTO PESA ATÉ 500 GRAMAS”, discriminando o nascituro e ignorando que estamos falando de um ser humano já completamente foremado, dotado do mesmo direito inalienável à vida que qualquer outro ser humano. e não um simples produto que pesa até 500 gramas, A Plataforma pretende ainda “IMPEDIR QUE ORGANIZAÇÕES RELIGIOSAS PARTICIPEM NA ELABORAÇÃO E CONTROLE SOCIAL DAS POLÍTICAS PÚBLICAS, OU RECEBAM RECURSOS PÚBLICOS PARA AÇÃO SOCIAL QUE SEJA ORIENTADA POR PRINCÍPIOS RELIGIOSOS”, e pretende também “GARANTIR A ORIENTAÇÃO SEXUAL” nas escolas e “IMPEDIR A PRÁTICA DO ENSINO RELIGIOSO 
NA REDE PÚBLICA DE EDUCAÇÃO”. 

Nesta mensagem descrevo com detalhes o que está acontecendo. 

Ofereço um resumo da Plataforma para a Legalização do Aborto no Brasil que foi distribuída no Senado mas não divulgada pelos meios de comunicação e coloco os links para comprovar a veracidade das afirmações feitas e da convocação das ONGs realizada pelo próprio Senado. 

Os grandes financiadores do aborto no mundo não são as ONGs feministas, mas as fundações internacionais vinculadas a grandes multinacionais, as quais não estão interessadas na promoção da mulher, mas sim no controle do crescimento populacional. Mais recentemente estas mesmas fundações transformaram a imposição do aborto no mundo na primeira grande experiência global de controle do comportamento humano, uma consequencia lógica do que eram inicialmente os objetivos iniciais do movimento, quando em 1952 foi dado o primeiro passo neste direção pelas organizações Rockefeller. 

BAIXE, IMPRIMA, ESTUDE E DIVULGUE OS SEGUINTES DOCUMENTOS PARA CONSCIENTIZAR OS BRASILEIROS SOBRE A GRAVIDADE DESTAS AFIRMAÇÕES. 

Leia como a Fundação Ford traçou toda a nova estratégia, iniciada a partir dos anos 90, para promover o aborto, de criação e difusão de direitos sexuais e reprodutivos, com a finalidade de alcançar o controle do crescimento populacional, em um documento elaborado pela própria Fundação. Agora a doutrina dos direitos sexuais e reprodutivos está sendo apresentada no Senado brasileiro como se fosse uma conquista das próprias mulheres. O documento original está no endereço: 

http://www.votopelavida.com/fordfoundationur 1990.pdf 

Uma versão resumida em português encontra-se em: 

http://www.votopelavida.com/fundacaoford1990.pdf 

Veja aqui como a mesma Fundação Ford, e outras organizações 
similares, financiam a difusão do aborto na América Latina: 

http://www.documentosepesquisas.com/financiamento-internacional-do-aborto.pdf 

Veja também aqui o relatório original da Fundação MacArthur sobre o seu projeto de 36 milhões de dólares para promover a legalização do aborto no Brasil: 

http://www.votopelavida.com/macarthurlessonslearned.pdf 

Já o seguinte documento comenta em detalhes, e em portugues, o trabalho da Fundação MacArthur no Brasil e como o governo do presidente Lula apresentou ao Congresso Nacional em 2005 um projeto de lei que deveria ter legalizado, sem que o povo se tivesse dado conta, o aborto durante todos os nove meses da gravidez, o mesmo projeto que pretende agora ser retomado, com o apoio do Senado brasileiro, pela PLATAFORMA PARA LEGALIZAÇÃO DO ABORTO NO BRASIL: 

http://www.votopelavida.com/defesavidabrasil.pdf 

ESTUDE E DIVULGUE ESTES DOCUMENTOS. 

SOMENTE DESTA MANEIRA SERÁ POSSÍVEL DEFENDER A DEMOCRACIA BRASILEIRA. 

O leitor poderá entender, por estes documentos, como se promove a derrocada dos valores fundamentais de uma democracia e como o povo, quando não promove o estudo destas questões, torna-se vítima de todo tipo de ideologia. 

Isto pode ser exemplificado inclusive na própria atitude do movimento feminista brasileiro. Qualquer pessoa poderá perceber que a linguagem utilizada pela PLATAFORMA PARA A LEGALIZAÇÃO DO ABORTO NO BRASIL é a linguagem típica das organizações de esquerda. Estas organizações, que assinam o documento, deveriam supostamente estar denunciando o imperialismo capitalista, mas na realidade estão ingenuamente sendo conduzidos por ele e promovendo a mesma agenda contra a qual afirmam lutar, enquanto perdem tempo e entendimento acusando de reacionários os que defendem a dignidade da vida humana e denunciam os verdadeiros propósitos que estão por detrás das políticas da promoção do aborto. 

A esquerda não pode basear suas bandeiras em concepções originárias de uma época em que a ciência não era capaz de compreender como era a vida antes do nascimento. As evidências oferecidas hoje pela ciência mostram, de um modo cada vez mais claro, que a vida antes do nascimento é tão humana quanto a vida depois do nascimento. Não faz sentido chamar o nascituro aos cinco meses de gestação como um produto de 500 gramas e depois rotular os outros de reacionários. Não se pode ir contra o desenvolvimento da ciência. Ao fazer fazer isto, e apegando-se a concepções retrógradas como se fossem o produto da evolução da ciência, é a própria esquerda que perde credibilidade diante do povo. 

A esquerda também não pode ir contra a percepção geral das mulheres. A defesa da dignidade da vida humana antes do nascimento não é uma posição machista. O aborto agride a natureza da mulher justamente porque o nascituro é um ser humano. A maioria das mulheres brasileiras não é apenas contra o aborto. A maioria das mulheres que praticaram o aborto também arrependeu-se amargamente de tê-lo feito. Só as feministas é que não sabem disso. Isto mostra que a maioria das mulheres que praticaram o aborto o fizeram enganadas por uma propaganda falsa, fomentada e financiada pelo capitalismo internacional, e agiram contra si mesmas ao fazê-lo. A esquerda, ao apoiar o aborto, está na realidade indo contra a natureza das mulheres e a conseqüência disto será a perda de uma parcela cada vez maior do eleitorado. 

A esquerda se ilude, ademais, ao pretender destruir a Igreja enfrentando-a justamente na questão do aborto. Tanto a Igreja Católica e como os evangélicos jamais abandonarão a oposição ao aborto. Se a Igreja estivesse errada e o nascituro realmente NÃO fosse um ser humano, a esquerda poderia até destruir a Igreja valendo-se da bandeira do aborto. Mas se a evidência da ciência e a maioria das mulheres estão, neste ponto, do lado da Igreja, a esquerda, ao levantar a bandeira do aborto, somente conseguirá fortalecer cada vez mais a posição da Igreja. Se depois a esquerda verifica que está perdendo o apoio do eleitorado por causa do tema aborto, não será porque as supostas forças reacionárias da direita estarão dominando o cenário político, mas porque foi a própria esquerda que terá fortalecido seus adversários. 

A bandeira do aborto não é um bom negócio para a esquerda. O aborto somente interessa de fato ao imperialismo capitalista. O crescimento demográfico moderado tende a minar os fundamentos da economia monopolista. Ao fazer o jogo do capitalismo e apresentar documentos programáticos como a PLATAFORMA PARA A LEGALIZAÇÃO DO ABORTO NO BRASIL, a esquerda dinamita as suas próprias bases e passa para o público a imagem de dogmática, intolerante e reacionária, justamente aquela imagem que ela está buscando atribuir aos seus opositores. 

O aborto é, em última análise, uma batalha perdida, tanto para o capitalismo como para a esquerda. Não há poder no mundo que possa contrapor-se à evidência crescente da ciência, à natureza das mulheres e, ainda por cima, para obter a vitória final, tenha que passar por cima do cadáver da Igreja Católica, que sobrevive há mais milênios do que qualquer outro sistema. Mas, pelo menos enquanto o jogo ainda dura, o aborto é um bom negócio para o capitalismo. Não o é, porém, para a esquerda. Desde o primeiro momento, a esquerda só tem a perder com a bandeira do aborto. Para os que precisam mais de credibilidade do que de recursos, aventurar-se na contra mão da história é uma estratégia suicida. 

PEÇO AOS QUE A RECEBEREM ESTA MENSAGEM QUE ENVIEM E-MAILS E TELEFONEM AOS GABINETES DOS SENADORES PARA PEDIR-LHES, COM A EDUCAÇÃO E RESPEITO QUE CONVÉM AOS REPRESENTANTES ELEITOS DO POVO BRASILEIRO, QUE MANIFESTEM CLARAMENTE, ao tomarem a palavra no plenário do Senado, QUE ESTAS POSIÇÕES NÃO REPRESENTAM O PENSAMENTO DO POVO BRASILEIRO QUE OS ELEGEU, MAS DE ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS QUE QUEREM IMPOR AO PAÍS E AO MUNDO O RECONHECIMENTO DO ASSASSINATO DE INOCENTES COMO UM NOVO DIREITO HUMANO. 

Buscarei manter a todos informados sobre o desenvolvimento dos acontecimentos em seguida às mensagens que estou enviando. 
Agradeço a todos pelo grande bem que estão ajudando a promover. 

Alberto R. S. Monteiro 

============================================ 


Responses

  1. Pois aqui, diante da imagem de Nossa Senhora, que olha para mim na hora em que digito estas palavras, eu digo, afirmo, assino em baixo sem medo de errar: PT do inferno, aprove o aborto no Brasil, e nossa nação será rachada de cima em baixo como um talho de facão! E quando terminar o ato da divina e eterna justiça, nossa nação estará em seis pedaços, 1/3 de nossa geografia estará para os peixes e 90% do nosso povo terá desaparecido. E a culpa será deste crime. Um estado pode até ser laico, nunca dibólico! O limite é a moral que vem de Deus, não a “ética” que brota do inferno.

    Faço então um apelo, ao PT do Céu, se é que existe forma de alguém ser bom e santo fazendo parte de um partido cujas diretrizes pugnam apenas pelas leis da morte, e cuja constante tem sido desafiar a Deus: Lutem, rezem, lutem, e rezem para mudar as normas de vosso partido, e façam desistir deste maligno objetivo. Esqueçam de lutar pelo aborto e pelo pecado do homossexualismo, e busquem seguir os ditames da divina, eterna e imutável Lei de Deus: não matar! Ou mudem de partido porque a conta dos que participam e promovem este crime, é exatamente igual a daqueles que os aprovam, mesmo tacitamente.
    comentário de um amigo senhor Arnaldo, mais conhecido como Aarão, estou com ele pois ´é a pura verdade, o Brasil com estas leis diabólicas esta caminhando para auto destruição e todos que ficarem calados pagaram juntos, pois quem cala consenti, portanto não vamos deixar que matem as crianças ainda no ventre das Mães,Deus punirá com certeza todos que aprovarem estas leis malditas.
    Deus tenha piedade de nós, pois estams sim no fim dos tempos, ja estão fazendo tudo que o inferno ordena.
    Os sangues destes inocentes clamam aos céus,e tenho certeza que quem faz estas leis malditas e as que apoiam, o braço de Deus cairá mais forte ainda, Rezemos para que esta lei não siga em frente, Pois a justiça de Deus não demora a cair, aguardem.
    Pois estão fazendo todas as leis que o inferno ordena!

  2. Espero que a cnbb não se cale diante desta barbaridade,espero que os senhores bispos não estejam por ai em busca de salvar ratos, onças, micos dourados, enquanto esses inocentes são brutalmente assassinado no ventre das mães,pois eles não fazem outra coisa ah não ser em salvar o planeta, enquanto se deve é salvar os inocentes, pois estes sangues inocentes clamam ao céus por justiça,e pode ter a certeza que o braço de Deus vai cair fortemente para essas leis diabólicas e todos vão pagar juntos principalmente quem ficar calados… senhores bispos não fiquem de braços cruzados não tenham medo pois tenho certeza que Deus não vai abandonar aqueles que forem corajosos em defender a vida humana!
    Jesus esta voltando e aguardem pois ele vem mais rapido que muitos imaginam!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: